O componente NFC-e agora está compatibilizado com a NT2014.003 relacionada a Contingência EPEC.

 

Para maiores detalhes do funcionamento da contingência EPEC, acess o link abaixo.

https://ciranda.me/tsdn/base-de-conhecimento/post/componente-tecnospeed-nfe-contingencia-epec

 

Métodos, funções e parâmetros:

 

Segue abaixo exemplos para utilização no componente.

 

Com seu arquivo de integração .tx2 você monta o xml da contingência utilizando a função MontarEpec:

 

Agora com Epec montado é necessário assina-lo:

 

Após assina-lo, faça o envio do evento para a SEFAZ autorizadora:

 

Caso o envio seja autorizado automaticamente na pasta de XmlDestinatário será gerado o evento destinatário com o nome, {chave}-epec.xml.

Ex: 51150100819123456455656570001044494123456782-epec.xml

 

Mas caso já possua dois logs de comunicação de envio e retorno queira gerar o xml destinatário do evento, utilize a seguinte função:

 

Agora para utilizar os métodos de impressão, é necessário utilizar o xml de envio assinado. Para gera-lo, caso você ja possua o xml de envio, somente assine-o, mas, caso você tenha utilizado o arquivo de integração .tx2 você terá que gerar o xml utilizando o método e depois assina-lo.

 

Com o lote de envio normal assinado você consegue utilizar os métodos de impressão mostrados acima.

 

Pronto, seu evento EPEC foi enviado e autorizado e agora?

Quando a SEFAZ estiver online novamente com seus servidores funcionando normalmente, é necessário reenviar essa Nota para o servidor de autorização.

Utilize o mesmo xml de envio ou arquivo de integração, somente atualize a data e hora e envie utilizando o fluxo normal. Para mais detalhes acesse o sumário e veja a documentação dos métodos de Envio Síncrono e Assíncrono .

 

Propriedades do Componente NFCe                               Sumário