Um dos problemas mais recorrentes que ocorrem após a instalação do Manager eDoc são falhas no certificado digital. Neste post mostraremos como testar, configurar e identificar erros nos certificados digitais.

 

Existem 2 tipos mais comuns de certificado, que são os modelos A1 e A3, e eles possuem as seguintes características básicas:

Modelo A1 : é o certificado que possui o instalador em forma de arquivo, que é instalado nas máquinas onde serão utilizados;

Modelo A3: é o tipo de certificado externo, normalmente ele é comprado em forma de token ou leitora+cartão, e este tipo de certificado possui um PIN que é solicitado quando o certificado é utilizado depois de instalado.

 

    Verificando a instalação:

Após fazer a instalação do certificado digital, o primeiro passo é verificar se a instalação foi reconhecida pelo Windows. A forma de fazer isso é abrir o “Executar” do Windows (Win+R) e digitar certmgr.msc. Com isto, será aberto o gerenciador de certificados do Windows, e então clique em Pessoal > Certificados  e veja se o certificado que acabou de ser instalado consta na lista, com data de validade vigente, conforme exemplo abaixo:

 

Caso apareçam duas instalações do mesmo certificado nesta tela (uma válida e outra instalação com data vencida), remova a instalação vencida e deixe apenas o certificado válido . Esta prática evita conflitos entre as duas instalações.

Caso o certificado não conste nesta lista e seja do tipo A1, verifique se o instalador utilizado possui a extensão “.pfx”, que normalmente é o formato do arquivo de instalação liberado pelos fabricantes.

Caso seja modelo A3, verifique se o driver da leitora é o mais recente disponibilizado pelo fabricante, e também sempre deixe apenas 1 certificado A3 plugado na máquina, pois utilizar vários certificados A3 ao mesmo tempo costuma gerar conflitos entre eles.

 

    Testando o certificado:

Antes de configurarmos o certificado, podemos testar a comunicação dele com os servidores da SEFAZ.

Para fazer o teste podemos utilizar qualquer link de comunicação disponibilizado pela SEFAZ, porém um link que sempre utilizamos é o endereço do servidor de consulta de status da Sefaz do Rio Grande do Sul, pois ele tem se mostrado o servidor mais estável e por isso é uma boa opção para testarmos. Segue o link que usaremos neste post como exemplo: https://nfe.sefazrs.rs.gov.br/ws/NfeStatusServico/NfeStatusServico2.asmx

 

Para testar, copie o link acima e cole-o no internet explorer da máquina, caso a comunicação ocorra, será aberta uma tela para selecionar o certificado (caso seja A3, ele pedirá para digitar o PIN) e depois disso será mostrada uma tela parecida com esta:

 

Caso gere qualquer problema neste teste, isto indica que o certificado não conseguiu se comunicar com a SEFAZ. As principais causas deste erro são:

 

    Configurando o certificado no Manager eDoc:

Após passar no teste de comunicação, podemos fazer a instalação do certificado no Manager eDoc.

Para configurar, desative o eDoc, acesse o menu “Configurações > Básicas” , selecione o CNPJ e clique em “Editar” .

Na tela de configurações do eDoc precisaremos configurar 2 campos: o “Tipo Certificado” e “Certificado”.

No campo “Tipo Certificado” iremos configurar da seguinte forma: caso o certificado seja modelo A1, iremos configurar como “LocalMachine”, se for modelo A3 iremos configurar como “CurrentUser” (obs.: alguns certificados utilizam esta configuração como SmartCard).

E no campo “Certificado” basta selecionar o certificado referente ao CNPJ que está sendo configurado.


Após finalizar a configuração basta Salvar e prosseguir com as emissões das notas.

 

Se após seguir estas dicas restarem dúvidas, deixe um comentário abaixo ou acesse nosso atendimento online, será um prazer ajudar!