A API exige certas informações para aceitar uma requisição, a ausência ou incoerência de alguma destas informações leva a uma falha de autenticação.

 


É requerido um  CNPJ-SH  ou CPF-SH  e o TOKEN-SH  no header (cabeçalho) da requisição http, a ausencia de alguma destas informações apresentará o seguinte retorno:

 
  
{
  "_status": "erro",
  "_mensagem": "Acesso não autorizado.",
  "_dados": [{
    "_erro": "Os cabeçalhos obrigatórios não foram informados."
  }]
}   

 


Requisições das rotas que iniciam com /cedentes/ de método/verbo HTTP PUT exigem um dos cabeçalhos de CNPJ-CEDENTE  ou CPF-CEDENTE .

 
  
{
  "_status": "erro",
  "_mensagem": "Acesso não autorizado.",
  "_dados": [{
    "_erro": "O cabeçalho "cnpj-cedente" ou "cpf-cedente" deve ser informado."
  }]
}   

 


Existe também a validação para os headers  CNPJ-SH CPF-SH , CNPJ-CEDENTE CPF-CEDENTE . no caso de serem inválidos. O seguinte retorno será apresentado, no caso do CNPJ:

 
  
{
  "_status": "erro",
  "_mensagem": "Acesso não autorizado.",
  "_dados": [{
    "_erro": "CNPJ 99999999999999 é inválido."
  }]
}   

No caso do CPF:

 
  
{
  "_status": "erro",
  "_mensagem": "Acesso não autorizado.",
  "_dados": [{
    "_erro": "CPF 99999999999 é inválido."
  }]
}   

 


 

Sumário