Em algumas situações, torna-se  interessante a possibilidade de configurar o eDoc em uma máquina e o banco de dados em outra, por questões internas de segurança ou para utilizar o banco de dados em um servidor Linux, por exemplo. Visando auxiliar este tipo de configuração este tutorial foi elaborado e explicará o modo de fazer esse procedimento.

 

Primeiramente, deve-se ter a certeza que a máquina onde o banco está instalado está visível na máquina onde o eDoc está, para isso, podemos via prompt de comando, dar um " ping " no IP da máquina onde o banco será instalado:

Se a máquina estiver acessível na rede, conforme imagem acima, não haverá perda de pacotes, o que nos possibilita prosseguir a configuração.

 

1ª Parte: Configurações na máquina onde ficará o banco de dados:

 

Inicialmente, iremos fazer a instalação do PostgresSQL na máquina onde o banco ficará. A instalação pode ser feita pelo executável "postgresql-9.0.3-1-windows.exe" que fica na pasta "Utils" do eDoc.

 

Depois de instalado, precisamos configurar o PostgresSQL (na máquina onde ficará o banco) para aceitar conexões externas. Isso será feito alterando o conteúdo dos arquivos "pg_hba.conf" e "postgresql.conf" , que ficam na pasta  "C:\Arquivos de programas\PostgreSQL\9.0\data".


No arquivo " pg_hba.conf ", dentro das configurações de " IPv4 local connections " iremos preencher as informações da máquina que irá se comunicar com o banco, ou seja, da máquina onde está o eDoc, conforme exemplo:

Onde:

A coluna do " TYPE " define o tipo de conexão

            -"host": Quando o acesso vem de uma máquina externa;

 

A coluna " DATABASE " define qual a base estará acessível;

- Se definido como "all" libera o acesso para todas as bases, caso informado um nome, será liberado o acesso apenas para esta base configurada.

 

A coluna " USER " define quais os usuários podem alterar a base de dados;

 

A coluna " CIDR-ADDRESS " define os IPs que podem acessar o banco, utilizando a notação de CIDR;

             -O endereço "127.0.0.1/32" libera o acesso para o LocalHost;

            - "Endereço_de_IP/32" : libera o acesso apenas para o IP configurado;

            - "W.X.Y..Z/24": Libera o acesso para qualquer máquina possua o IP igual aos três primeiros parâmetros configurados (no exemplo ficaria liberado o acesso para máquinas de uma rede cujos IPs começem com W.X.Y). Por exemplo:  “192.168.0.0/24” Libera o acesso para toda essa Subnet .

 

E a coluna " METHOD " define o método de acesso.

            - Pode ser Reject (não conecta com o IP configurado), Md5 (conecta exigindo uma  senha) e Trust (não exige senha para conectar)

 

 

Depois disso iremos configurar o arquivo postgresql.conf . Nas configurações de "Conexões e Autenticação" iremos verificar quais endereços os postmaster do postgresql esta ouvindo, quando usado “*” ele ouve as conexões solicitadas a qualquer IP definido ao servidor.


A configuração deve ficar da seguinte forma: "listen_addresses = '*'

 

Agora, no PostgresSQL da máquina onde ficará o banco, iremos criar a base de dados. Para nosso exemplo, o banco se chamará " ManagerEDoc2 ". Para criá-lo, abra o server "Localhost" e clique com o botão direito em "databases", e selecione "NewDatabase", conforme exemplo:

 

 

 

 

2ª Parte: Configurações na máquina onde ficará o Manager eDoc:

 

Salvas as alterações na máquina onde estará o banco, iremos agora para a máquina onde o eDoc está instalado. Nesta máquina, iremos configurar 2 arquivos.

O primeiro é o arquivo " config.ini " que fica na pasta "C:\Program Files (x86)\Manager eDoc\update ".

Neste arquivo iremos alterar os campos "Server" que receberá o IP do servidor onde está o banco e "DataBase", que irá receber o nome da base de dados que acabamos de criar. Ficará conforme o exemplo:

 

 

Depois dessa configuração iremos configurar o arquivo " ManagerEdoc.ini " que fica na pasta "C:\Program Files (x86)\Manager eDoc". Neste arquivo iremos alterar os parâmetros "Server" e "DataBase". Da mesma forma que no arquivo anterior, no campo "Server" será preenchido o endereço do servidor onde está o banco e em "DataBase" o nome da base de dados, conforme exemplo:

 

 

Agora, abrindo o PgAdmin III na máquina onde o eDoc está instalado, iremos fazer a conexão com o banco de dados externo. Para isso, após abrir o PgAdmin e clique em " Add a Connection to Server "(no canto superior esquerdo da página). Depois, na tela que irá se abrir, preencheremos as informações da máquina onde estará o banco, conforme exemplo:

 

 

Depois disso, acesse via CMD a pasta "C:\Program Files (x86)\Manager eDoc\update" e execute o comando"ScriptExecutor.exe", para criar as tabelas no banco.

 

Depois de criadas as tabelas, poderemos ver na máquina onde o banco foi criado a base de dados "ManagerEDoc2" dentro do Server LocalHost, porque, para esta máquina, se trata de um banco local. E na máquina onde o eDoc está instalado, veremos a base "ManagerEDoc2" dentro do Server "BancoExterno" (seguido pelo IP da máquina). Isso indica o sucesso na configuração.

Após isso, pode-se utilizar normalmente o eDoc e proceder com as demais configurações padrão.