Teve início no dia 8 de janeiro de 2018 a primeira fase da implantação do projeto eSocial. Nesta etapa, empregadores com faturamento igual ou superior a R$ 78 milhões tem até o dia 28 de fevereiro para realizar o cadastramento do empregador e enviar todas as suas tabelas para o sistema.

Ao todo, mais de 14 mil empresas se enquadram nessa faixa de faturamento. Na próxima fase da implantação do eSocial, esse mesmo grupo deverá enviar as informações relativas aos seus trabalhadores e seus vínculos com a empresa, como admissões, afastamentos e desligamentos.

 

Implantação em 5 fases

Esta é apenas a primeira de cinco fases de implantação do eSocial, para o primeiro de três grupos de empregadores. No decorrer de 2018 e 2019, novos eventos serão exigidos dos empregadores.

Confira o cronograma:

 

Fonte: Portal do eSocial      

 

Eventos devem ser transmitidos via WebService

Diferente do Módulo Doméstico, para as empresas, o projeto eSocial não disponibiliza uma página com interface gráfica que permita o preenchimento e o envio dos eventos.

Sendo assim, o empregador deve contratar ou desenvolver um sistema próprio capaz de gerar os arquivos XML dos eventos e transmiti-los através dos Web Services do eSocial.

 

Implementando eSocial no seu software

Com o início da implantação do projeto eSocial, surgem grandes oportunidades de negócios para os desenvolvedores de software, mas também surgem desafios: implementar, dentro do prazo estabelecido pelo cronograma, a geração, assinatura e transmissão dos eventos.

Para superar este desafio, o desenvolvedor pode utilizar o Componente eSocial da TecnoSpeed!