O ENCAT (Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais) apresentou um novo modelo de Duplicata Eletrônica em seu último evento trimestral.

Visando substituir as duplicatas comuns, utilizadas por empresas do mercado financeiro e de factoring, a Duplicata Eletrônica já foi aprovada por administradores tributários de todas as 27 Secretarias da Fazenda do Brasil.

Será disponibilizado um ambiente em nuvem para consultas, onde todas as duplicatas estarão disponíveis, podendo ser consultadas após autenticação, através do certificado digital.

Alterações na NF-e

Também haverá um novo evento da NF-e que seria emitido pelas instituições financeiras e factorings para formalizar a cessão do título. Isso evita a duplicidade de um mesmo título para instituições diferentes. A NF-e terá um novo campo obrigatório para operações de venda a prazo, onde ela se ligará à duplicata.

Ainda não temos pronunciamentos oficiais sobre estas alterações no layout do XML da NF-e.

 

Fonte : CIO