Desenvolvedores de softwares PDV que atendem clientes no Ceará têm relatado dificuldades em relação à compatibilidade do aplicativo Integrador Fiscal com diversas versões de sistemas operacionais Linux . O aplicativo é necessário para emissão do Cupom Fiscal eletrônico no estado, o que faz com que o problema seja crítico.

Ainda não houve retorno por parte da Sefaz-CE sobre o problema.

 

O que é o Integrador Fiscal?

É uma aplicação desenvolvida pela Sefaz-CE que funciona como uma interface de comunicação entre o sistema PDV e o equipamento MFE , que por sua vez é um hardware semelhante ao SAT paulista.

A utilização do Integrador Fiscal, disponibilizado pela Sefaz-CE para download gratuito , é obrigatória. A aplicação comercial PDV deverá fornecer o XML do CF-e na pasta “input” do integrador, que envia o arquivo para o equipamento MFE e retorna o XML autorizado ou rejeitado.

Sendo um fluxo completamente local, não há necessidade de contingência, funcionando mesmo na ausência de internet, uma vez que as regras de validação estão no próprio equipamento. Posteriormente, o equipamento sincroniza os cupons emitidos com o servidor da Sefaz.

 

Comunicando sua aplicação com o Integrador Fiscal

Uma das formas mais simples de integrar seu software ao projeto MFE Ceará é através do Componente SAT da TecnoSpeed . Apesar do nome ser baseado no projeto paulista de cupom fiscal eletrônico, ele é perfeitamente compatível com todos os requisitos do projeto do Ceará.