Desde sua apresentação, a Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor (NFC-e) é a promessa de muitas possibilidades de inovação e novas formas de atendimento. O Amazonas, um dos estados participantes do projeto piloto desde o início e o primeiro a ter calendário de obrigatoriedade para o documento fiscal publicado, tem buscado novidades e inovações para apresentar à sociedade, com benefícios para a utilização da NFC-e.

Aplicativo tablet Amazonas NFC-e

A última novidade do estado, lançada essa semana, é um aplicativo para emissão de NFC-e em tablets, em parceria com a Samsung. Essas possibilidades de inovação demonstram o quanto a NFC-e é uma grata evolução para a automação comercial, apresentando novas possibilidades ao varejo, que antes seriam impossíveis, dada à burocracia e necessidades impostas sobre o Emissor de Cupom Fiscal (ECF). A NFC-e também é uma evolução do projeto da Nota Fiscal Eletrônico (NF-e), projeto que originou e serviu de base para o documento do varejo.

Apesar de parecer se apresentar como uma solução a substituir as demais, como aconteceu com a NF-e, a NFC-e não é um projeto de massificação obrigatória. A adesão dos estados é voluntária, permitindo a convivência harmônica entre os outros projetos, como PAF-ECF, ECF, SAT e e-Doc. Uma das maiores vantagens que a NFC-e possui, além das grandes possibilidades de inovação por meio dos comerciantes, é a viabilização de sistemas que integrem simultaneamente a NF-e e a NFC-e, atendendo aos dois públicos com um mesmo sistema de gestão.

Essa possibilidade de utilizar a NFC-e em dispositivos móveis, como o aplicativo lançado em Manaus, torna essa solução muito atrativa para comerciantes que gostariam de inovar e, até mesmo, facilitar a vida de seus clientes, os consumidores finais, em períodos de grande movimento. Possivelmente, empresas que adotarem formas diferenciadas de utilização da NFC-e, com pontos de venda inusitados e formas mais arrojadas de fazer negócio, ganharão um mercado novo, que busca a novidade e inovação, que aceita isso como um valor para a imagem da empresa.

Primeiro aplicativo gratuito para emissão de NFC-e em tablets

Em parceria com a Samsung, a Sefaz-AM lançou o primeiro aplicativo gratuito para emissão de NFC-e em tablets. Desenvolvido pelo Samsung Instituto de Desenvolvimento para a Informática da Amazônia (Sidia), o software está em fase final de testes e poderá beneficiar cerca de 21 mil micro e pequenas empresas com cadastros ativos no Estado. A previsão é de que a partir de julho, os usuários poderão baixar o aplicativo gratuitamente em qualquer dispositivo com o sistema Android 4.0 ou superior. A primeira demonstração do programa será feita durante a 3ª Feira do Empreendedor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-AM), que ocorre desde ontem até domingo, dia 27, em Manaus. O programa é totalmente intuitivo e, além de permitir a emissão da nova nota fiscal em uma base móvel, o tablet também auxiliará o micro e pequeno empresário a aperfeiçoar os controles de suas vendas.

TecnoSpeed TI

"Mais software, menos esforço."