Segundo a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) do Amazonas, no primeiro ano de operação da Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor Final ( NFC-e ), o documento fiscal eletrônico já obteve a adesão de 600 estabelecimentos em caráter voluntário, antes da emissão ser obrigatória. A previsão, segundo calendário de obrigatoriedades divulgado pelo estado, é de que todos os estabelecimentos varejistas do estado estejam obrigados a emitir o documento até janeiro do ano que vem.

NFC-e QR Code

Os diversos benefícios proporcionados pela NFC-e para o comércio varejista é um dos principais motivos para a adesão voluntária expressiva observada no Amazonas. Em março inicia o calendário de obrigatoriedades do estado, instituindo oficialmente a emissão do documento para estabelecimentos comerciais e de serviços, como supermercados, lojas de departamento, bares e restaurantes. 

A expectativa é de que mais estados venham a aderir ao documento fiscal eletrônico em breve, para uma massificação maior da tecnologia. Empresas, como a grande varejista Gazin , veem as oportunidades de inovação, com menos burocracia, um grande avanço para os negócios e a chance de proporcionar ao consumidor experiências diferentes.

Nota conjugada

No Amazonas, uma das metas é a implantação da NFC-e Conjugada, com a emissão do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é de responsabilidade do Estado, e o Imposto sobre Serviços (ISS), de responsabilidade do município. Apesar de este caminho parecer menos burocrático, por reduzir o tipo de documentos fiscais no Estado, é uma implementação que não deve se tornar tendência para outras UFs, uma vez que a nota conjugada precisa de uma forte integração e padronização entre Estado e Municípios.

Segundo a Sefaz, o sistema da NFC-e será estendido para os municípios, permitindo o uso do padrão NFC-e pelos prestadores de serviço do Estado.

TecnoSpeed lança leitor de QR Code para NFC-e

 

A TecnoSpeed lançou para os consumidores um leitor de QRCode para NFC-e gratuito, compatível com dispositivos Android, chamado Consulta NFCe. Este leitor permite ao consumidor a consulta do XML da NFC-e a partir do código presente no Danfe da nota do consumidor. O Consulta NFC-e TecnoSpeed é um aplicativo de fácil instalação e que permite, de forma simples e prática, consultar se a NFC-e recebida é realmente válida e contém todos os itens discriminados corretamente, sem fraudes.

Para testar o aplicativo,  clique aqui  e baixe pelo Google Play.

TecnoSpeed TI

"Mais software, menos esforço."