No preenchimento de diversos documentos fiscais eletrônicos, como a NF-e, NFC-e, NFS-e, CT-e e MDF-e, é necessário informar a UF do emitente e do destinatário. Essa UF, ou Unidade da Federação, consiste em um número e uma sigla, determinados pelo IBGE, para cada estado do Brasil. Trata-se de uma sigla e de um número fixos.

 

Quando falamos sobre documentos fiscais eletrônicos, o número, chamado de Código da UF , é o mais importante, e é o que utilizaremos no lugar da sigla. Saber o número que representa a UF desejada é necessário para o preenchimento do XML, TX2 e até mesmo no REC. Esse código deve constar no campo cUF.

 

Tabela de Códigos da Unidade da Federação de cada estado ( cUF )

 

 

Falha de Esquema: Campo 'cUF' possui valor inválido

 

Falha de Esquema: Campo 'cUF' possui valor inválido: 'SP'. O campo pode assumir um dos seguintes valores: 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28, 29, 31, 32, 33, 35, 41, 42, 43, 50, 51, 52, 53.

 

Como resolver?

Esta rejeição indica que o campo cUF foi preenchido como ' SP ', isto é, a sigla do estado de São Paulo. No entanto, esse campo só pode ser preenchido com valores númericos da UF. Se o destinatário deseja se referir a São Paulo, deve fornecer o valor ' 35 '.