Cliente da Tecnospeed desde antes da implantação da NFCe, a Darom é uma rede varejista paranaense de móveis com mais de 90 filiais espalhadas pelos estados do Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Possui cerca mais de 1.300 funcionários espalhados pelas duas regiões. Em 2014, a empresa completou 40 anos de existência.

 

O Desafio da empresa

Com a abertura da adesão voluntária da NFCe no Mato Grosso, a Darom já tinha o objetivo de ser uma das primeiras empresas do estado a emitir NFCe mesmo sem o projeto ainda ter maturidade por conta dos benefícios. Assim, optou por iniciar a implantação em toda a rede de lojas do estado, sendo uma das pioneiras no estado do Mato Grosso, antecipando aos calendários de obrigatoriedade.

 

A solução utilizada

Antes da implantação da NFCe, a Darom já utilizava o Manager e-doc, o sistema gerenciador de documentos fiscais eletrônicos da Tecnospeed para emissão de documentos fiscais NFe, CTe e MDFe. Por conta desta situação, a integração do sistema com o e-doc para emissão de Nota do Consumidor foi muito rápida. O Emerson Weiss da Empresa Base Consultoria, que fornece o ERP para a Darom, ressalta a agilidade destacando como positivo a integração de vários documentos em um só sistema: “O Manager eDoc apresenta um fator importante, que é concentrar numa única solução todos os documentos fiscais (NFe, CTe, NFCe, MDFe)”.

 

Os resultados da implantação

Segundo o Emerson da Base Consultoria, a equipe pôde usufruir de uma série de benefícios utilizando o Manager e-doc da Tecnospeed, que possibilitaram mais tranquilidade aos gestores e ao procedimento de migração, dentre elas:

  • Integração rápida, reduzindo o custo de desenvolvimento para a equipe de TI e concentrando todos os documentos fiscais em uma só solução.
  • Agilidade na atualização para mudanças que acontecem no cenário fiscal, com implantação rápida e disponibilizada para os clientes

Posteriormente, com a ajuda da Tecnospeed, a Darom participou também do Projeto Piloto da NFCe no Paraná, sendo uma das primeiras a emitirem em ambiente de produção no estado. Essa postura da empresa frente ao projeto foi decorrente dos benefícios já observados com a implantação do primeiro estado na rede Darom e se mostrou promissora, mesmo sendo uma das pioneiras nos dois estados:

  • Custo de equipamento de emissão, migrando do ECF para NFCe caiu em torno de 70%
  • Redução de burocracia  com papelada das lacrações, intervenções, Redução Z, Leituras X, Homologações
  • Redução  de custo de papel com o DANFCe que pode ser emitido em  qualquer papel, além da opção ecológica que é muito reduzida e do papel que era usado para Redução Z, Leitura X e Leitura de Memória Fiscal;
  • Flexibiliza a criação de novos caixas/PDVs, pois não há necessidade da ECF e assim é possível usar qualquer terminal com uma impressora, a um custo muito menor e com equipamento que pode ser utilizado para outros fins
  • Simplifica o envio de informações ao Fisco

 

Depoimento do Gerente

“Por iniciarmos a emissão de NFCe no Mato Grosso enquanto o projeto iniciava e ainda não estava maduro, tivemos alguns problemas, ajustes de processos e problemas na impressão da DANFCe para se corrigir ao longo dos testes e primeiras implantações. A partir daí, a implantação foi gradual e tranquila, visto que a solução funcionou muito bem e devido o calendário de obrigatoriedade muito apertado a Darom passou a operar com a emissão exclusiva de NFCe como documento fiscal de venda" Emerson Weiss - Base Consultoria