Desde o ano passado, quando o Projeto NFC-e ganhou força no cenário brasileiro, existia uma forte pressão sobre o governo do estado do Rio de Janeiro , inclusive da ACRJ , para que aderisse ao projeto.

No início do ano, rumores davam conta de que esse acerto era uma questão de tempo e para grata surpresa de todos os contribuintes e consumidores do estado, a notícia foi divulgada oficialmente no site da fazenda

O governo do estado entendeu que, com a adesão ao projeto NFC-e, os contribuintes terão como benefícios: redução de custo, possibilidade de expansão e flexibilidade, além, é claro, de uma simplificação das obrigações acessórias, que demandam muitas horas de controle, aumentando o custo das operações fiscais significativamente.

A cerimônia que formalizou a entrada do estado no projeto, foi realizada nesta segunda-feira (12/05/2014) no Palácio Guanabara, onde o governador Luiz Fernando Pezão, assinou o decreto que oficializa a entrada do estado já a partir de agosto, para estabelecimentos que desejam aderir voluntariamente.

A confirmação da entrada do estado do Rio de Janeiro no projeto NFC-e é de extrema relevância no cenário nacional, pois trata-se de um dos estados de grande expressão também no comércio varejista. Deste modo, consolida de vez o projeto como a melhor alternativa tanto para o fisco, quanto para o contribuinte, quanto para o consumidor.

 

Jonathan Santos

Gerente de Portfólio