Tudo sobre NF-e

Grupo destinado a discussão sobre o documento fiscal eletrônico NF-e.

Mudança calculo DIFAL 2018?

Bom dia Amigos, pesquisando sobre o DIFAL em 2018, encontrei em um simulador, a informação de que o cálculo do DIFAL foi alterado, pelo meu entendimento essa aplicação dá-se apenas em mercadorias com ST, mas caso a operação seja com mercadoria sem ST o cálculo continua o mesmo, lendo a normativa disponibilizada pelo CONFAZ, fiquei bem confuso quanto a aplicação dessa nova regra, vocês estão cientes dessa alteração? Poderiam esclarecer melhor do que se trata?

Segue texto abaixo encontrado em “” :
O cálculo do diferencial de alíquota do ICMS mudou a partir de janeiro de 2018. Com a publicação da cláusula décima quarta do convênio 52 de 2017, o ICMS passou a levar em consideração a base dupla ao invés da base simples.

Veja abaixo a fórmula do DIFAL até 2017:

DIFAL até 2017 = Base do ICMS * ((%Alíquota do ICMS Intra – %Alíquota do ICMS Inter) / 100)
DIFAL até 2017 = 1.000,00 * ((18,00% – 12,00%) / 100)
DIFAL até 2017 = 1.000,00 * (6,00% / 100)
DIFAL até 2017 = 1.000,00 * 0,06
DIFAL até 2017 = 60,00
E nosso mesmo exemplo usado a fórmula do DIFAL a partir de 2018:

DIFAL a partir de 2018 = ((Base do ICMS – Vlr ICMS Inter) / (1 – %Alíquota do ICMS Intra)) * %Alíquota do ICMS Intra – (Base do ICMS * %Alíquota do ICMS Inter)
DIFAL a partir de 2018 = ((1.000,00 – 120,00) / (1 – 0,18)) * 0,18 – (1.000,00 * 0,12)
DIFAL a partir de 2018 = (880,00 / 0,82) * 0,18 – (1.000,00 * 0,12)
DIFAL a partir de 2018 = 1.073,17 * 0,18 – 120,00
DIFAL a partir de 2018 = 73,17


Quero emitir uma nfe de devolução para MG. Minha empresa é de SP.
Trata-se de uma devolução de mercadoria, veio com CFOP 6401.
Minha empresa é regime normal apuraçao.
Alguém sabe me orientar quais codigos eu utilizo?
Tipo imposto ( 01000?)
CFOP (6411?)
PIS E COFINS (02?)
CST IPI (50?)

OBS: qdo coloco pis que no caso é 2,20% ao salvar item para ir para o outro, automaticamente salva com 0,65% o pis.


Sou do Município de D. Caxias-RJ.

Boa tarde.Emiti uma nota de venda de sucata para o Estado de SP. CFOP 6949 sem o devido destaque do ICMS. Para emitir a NF complementar do devido imposto, qual CFOP deve ser utilizado?


Bom dia Gustavo, caso o valor da Base de Cálculo do ICMS tenha sido emitido a menos, você poderá emitir um CT-e Complementar, sem necessidade de anular o CT-e original.
acredito que o correto nessa situação seria informar no indIEDest a opção 9=Não Contribuinte, que pode ou não possuir Inscrição Estadual no Cadastro de Contribuintes do ICMS;

Obrigatoriedade em informar placa do veiculo

Boa tarde!

Tenho uma duvida referente a obrigatoriedade da informação da placa do veiculo em NF onde é selecionado uma transportadora.

Entendo que quando não informamos transportadora essa informação não é necessária, mas a duvida é quando selecionamos transportadora e não sabemos a placa do veiculo, pois esse transporte pode ser efetuado pelo Correios , ou por uma transportadora que não informa antecipadamente a placa do veiculo que fara o transporte da mercadoria (seja por frete por conta do emitente ou destinatario). Nosso sistema obriga a informação da placa no caso de selecionada transportadora, porem alguns clientes tem reclamado que outros sistemas não obrigam essa informação e as NFs são aprovadas normalmente.

OBS: SEFAZ de SP


Bom dia Walisson, a informação da placa do veiculo será obrigatório se preenchido a TAG "veicTransp" cuja ocorrência é 0-1 (opcional).