Nunca na história da humanidade os seres humanos estiveram tão próximos . A internet e os meios (apps e redes sociais) tornaram a distância algo insignificante para que duas pessoas troquem informações. Uma foto, ou vídeo, que a 20 anos atrás levariam dias para chegar até o destinatário, hoje pode demorar menos de 1 segundo, ou seja, é instantâneo.

Foi durante a juventude da geração Y que os computadores invadiram os lares e hoje se tornou parte dos aparelhos eletrônicos da casa. Eu mesmo, com 23 anos me lembro até hoje quando ganhei meu primeiro PC, aproximadamente com 7 anos, como aquilo era extremamente atrativo e moderno. Logo depois eu pude acessar internet discada e ter acesso aos e-mails, que substituíram as cartas.

Desde o início da internet, o e-mail é a principal ferramenta de troca de informações entre as pessoas. Nas empresas ele ainda é o principal meio de comunicação, mas se perceber a sua estrutura atual, pouco mudou até hoje e todos ainda o utilizam da mesma forma. E-mail é um meio de comunicação assíncrono para os dias de hoje: você envia e precisa esperar que o destinatário receba, abra sua caixa de entrada, leia e responda (se ele quiser).

Quem nasceu entre 1994 e 1997, viu o lançamento do iPhone ainda criança e achou o máximo, assim como eu ao ter meu primeiro PC. Essa foi a cultura que passou a fazer parte da sua rotina: Facebook, messengers, Skype e o extremo imediatismo de mal enviar e já ter a resposta.

E-mails se tornaram ultrapassados para essa geração, por isso as redes sociais são tão parte de seu dia a dia. Tudo é muito rápido e não há tempo pra esperar, se a geração Y já é considerada imediatista imagine essa que está chegando agora no mercado de trabalho, entitulada de Z.

Esse é só um dos motivos pelos quais as redes sociais corporativas estão se tornando uma rotina das empresas. Ela é a fórmula certa para se adequar ao imediatismo por informações e respostas, trocando a caixa de entrada pelo feed.

Porém ainda há inúmeros outros benefícios de se implantar uma rede social corporativa nas empresas:

  • Falta de escalabilidade dos serviços e atendimento

  • Gestão do conhecimento e informações

  • Dificuldade em manter conhecimento na empresa

  • Demora na integração de novos colaboradores

  • Produtos “em comoditização” e sem diferencial competitivo

Para explicar melhor sobre esses problemas e como solucioná-los com uma rede social corporativa, assista o webinar de sexta feira, dia 25 às 10h da manhã sobre “Como uma rede colaborativa aumenta os resultados da sua empresa”.

Basta fazer a inscrição pelo link:

Inscreva-se para o Webinar aqui