GNRE

A GNRE (Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais), não fazia parte do cotidiano de grande parte das empresas do país. Isto porque, estas empresas terceirizaram a responsabilidade pela apuração do imposto e geração da guia de pagamento, para os escritórios de contabilidade. Até porque, a maioria realizava o recolhimento apenas na apuração do período (mensal). 

Apesar disso, empresas com substituição tributária, já se incomodavam com esse procedimento e por isso, algumas delas desde 2012 já vem se mobilizando para automatizar o processo da geração desta guia, pois o processo manual acaba aumentando os custos da empresa.

Com a regulamentação da Partilha do ICMS entre os estados, um número maior de empresas passou a ter que emitir a GNRE, conforme cada operação de venda é realizada. Ou seja, realizar o processo de geração da guia de forma manual tornou-se impraticável e por isso, a demanda por uma automatização vem aumentando a cada dia.

Como é possível automatizar ?

Para automatizar este processo, os sistemas devem realizar 3 procedimentos básicos:

1) Obter informações a serem transmitidas;

A GNRE pode ser tanto para pagamento do imposto referente a Substituição Tributária , quando referente a Partilha do ICMS do estado de Destino da mercadoria, ou até mesmo do Fundo de Combate a Pobreza. Sendo que, para cada uma dessas situações as informações a serem transmitidas também são apuradas de forma diferente.

2) Transmitir as informações para o webservice do estado correspondente;

A GNRE possui um ambiente onde é possível lançar as guias, esse ambiente é conhecido como Ambiente Nacional, nesse ambiente é possível gerar a GNRE para diversos estados.

Existem ainda outros ambientes, como por exemplo o de Espirito Santo e do Rio de Janeiro, com características parecidas, mas com métodos diferentes, criando assim dificuldades para o desenvolvedor em adaptar sua aplicação a diversos ambientes, como também no processo de manutenção e atualização, tornando maior o custo da automatização da GNRE, assim como no projeto da NFS-e.

3) Imprimir guia para pagamento;

A impressão da guia é essencial para que haja o recolhimento do imposto. A grande dificuldade na impressão da guia está justamente na obtenção dos dados para poder gerar a representação gráfica, visto que, como cada webservice devolve uma resposta referente, sendo assim, a complexidade para poder gerar as guias sempre no mesmo padrão aumenta muito.


Porque usar o Componente GNRE da TecnoSpeed?

  • Obtém os dados automaticamente da NF-e ou CT-e para transmissão da guia;

  • Gera guias de Partilha do ICMS, Substituição Tributária e Fundo de Combate a Pobreza;

  • Interface única de comunicação com os diversos Webservices estaduais;

  • Impressão da guia com possibilidade de personalização;

  • Garantia de atualizações com novos Webservices e legislação;

  • Suporte especializado para desenvolvedores de software;

  • Redução no tempo de integração;

Fale conosco e tire suas dúvidas

Fale com nosso comercial para obter maiores informações sobre o novo Componente GNRE Tecnospeed

 

Contato, Investimentos e Canais de Atendimento

Entre em contato conosco e descubra um novo universo para sua empresa:

Solicite uma proposta.

 

Mais informações sobre o projeto